...NÃO MOSTRES A DEUS O TEU MAIOR PROBLEMA, MAS MOSTRA AO TEU PROBLEMA O TAMANHO DE DEUS...

15 de abril de 2007

QUEM SOU EU



Sou Natércia!
Sou mãe de três rapazes que são a luz dos meus olhos... sou Alentejana e gosto muito de cozinhar...sou casada com o mesmo R, desde sempre uma vida! 
O meu blog nasceu de uma fatalidade porque passei há 7 anos atrás, quando me diagnosticaram um cancro de mama.  Foi bastante duro, e todos aqueles tratamentos pelos quais tive de passar. No seguimento de tudo isto, uma da minhas nora a Mónica!, fez de tudo para que eu fizesse esta cozinha, que eu tanto AMO! 
E que não me deixa pensar nas doenças. 
Hoje, presentemente, já vou dando baila à minha nora e sou "dona" de 10 blogs, mas sem a sua ajuda nunca teria chegado aqui, pois eu nem sabia trabalhar com computadores. Um beijinho para ela e os meus agradecimentos para o resto da minha vida. 

Quando me perguntam o que me levou a prosseguir através de todos os obstáculos e 
dificuldades, respondo:
Suportei ontem. Posso suportar hoje. E nunca penso no que poderá acontecer amanhã.
Conheci privações angustias e desespero. Quando olho para trás vejo a minha vida cheia de sonhos mortos, esperanças malogradas, ilusões desfeitas, uma batalha que me deixou maltratada e prematuramente envelhecida.

Apesar de tudo, não sinto piedade por mim; não tenho lágrimas para derramar sobre o passado, não invejo as mulheres que foram poupadas pelo infortuno.

Eu vivi, elas apenas existiram. Sorvi até ao fim a taça da vida. Conheço o que elas jamais conheceram. Vejo coisas ante as quais elas estão cegas.

 Só as mulheres, cujos, olhos foram lavados pelas lágrimas, conseguem adquirir a visão ampla e clara que as torna assim como uma espécie de irmãs.

Aprendi uma filosofia que não se pode ganhar com uma vida suave. Aprendi a viver cada dia como ele se apresenta e a não recuar o dia de amanhã.

A sombria ameaça do quadro criado pela imaginação é que nos acobarda. Afastei de mim esse receio, pois a experiência ensinou-me que ao chegar o momento que tanto temia, sempre encontrei compreensão e energia para enfrentá-lo.

Quem viu desmoronar-se o edifício, jamais se importará com as coisas insignificantes e ridículas.

Aprendi a não esperar demasiado das pessoas. Acima de tudo adquiri senso de humor, pois há muitas coisas diante das quais eu teria de rir ou chorar, e quando uma mulher sabe rir dos seus infortúnios, em lugar de entregar-se a crises histéricas, nada existe que a possa ferir.

Não lamento as aflições porque passei pois através delas senti a vida em todos os seus aspectos. Esse foi o preço que tive de pagar.



2 comentários:

  1. NÃO MOSTRE A DEUS O SEU MAIOR PROBLEMA. MAS MOSTRE AO SEU MAIOR PROBLEMA O TAMANHO DE DEUS - Natércia: essa sua frase tem me feito refletir muito! E tem me dado forças nos momentos difíceis da vida (que todos nós temos). Agradeço-lhe profundamente. Abraços, Beth Müller

    ResponderEliminar
  2. Ola querida seu blog e muito lindo!!! gostaria de trocar links http://www.receitasdaval.com/

    ResponderEliminar
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Abra o Tacho e deixe o seu comentário! Obrigada...do fundo do meu coração.♥♥ se quiser colocar bonecos é só copiar o códico do boneco e colar a seguir ao comentário E PUBLICAR..